(11) 2781-2712 / (11) 94727-5395 contato@icefibra.com.br

INFORMAÇÕES

Como funciona um baú refrigerado

O sistema de refrigeração do caminhão baú é parecido com um aparelho de ar condicionado split, pois a unidade evaporadora fica na parte interna e trabalha com o vento frio e a condensadora (onde ficam o compressor e o condensador) fica do lado de fora, trabalhando com fluido e exalando o ar quente.
Para que este sistema funcione corretamente é necessário que o compressor esteja sempre em movimento, bombeando o fluido. Para isso, existem várias técnicas, e as principais são: o motor diesel independente, o direct drive e o sistema eutético.

Cada tipo de alimento tem uma temperatura ideal para sua conservação, apesar de que deve ser levada em conta desde a sua confecção, pois o uso de temperatura incorreta acarretará na deterioração. Para que os alimentos estejam resfriados, a temperatura ideal é entre 0ºC e 7ºC, e o congelamento total, abaixo de -18ºC.
A Norma NBR 14701, com vigor desde 29 de junho de 2002, regulamenta o transporte de produtos alimentares e refrigerados, com critérios de procedimentos e temperatura com o objetivo da manutenção de temperatura adequada para cada tipo de carga.

Conheça mais sobre cada técnica

Motor diesel independente: Utiliza um motor diesel menor que os comuns, que fica dentro da unidade condensadora, que pode ser um motor para diesel vermelho ou para diesel branco. Alguns deles utilizam catalisadores que diminuem a emissão de poluentes. A vantagem de usar esse tipo de unidade condensadora é que desde que o tanque esteja abastecido com diesel, o compressor continuará funcionado sem risco para os alimentos mesmo que haja algum defeito no motor do caminhão.
Direct drive: Este modelo não possui motor próprio, ele depende do motor do veículo para se movimentar. Existem dois tipos de Direct drive, com alternador ou com correia.
Com alternador: O motor do caminhão movimenta um alternador com uma correia. Ao receber o movimento de rotação, ele gera energia que é enviada para o compressor, que neste caso é elétrico, ou mecânico, mas com motor elétrico.
Com correia: O motor movimenta o compressor, que é totalmente mecânico, através de uma correia, sem a necessidade de energia elétrica.
Sistema Eutético: Este sistema pode ser utilizado para transportar comidas congeladas com temperaturas que podem atingir até -25°C. Ou para alimentos resfriados, com temperaturas entre 0°C até 7°C. Ele funciona assim: Com o caminhão parado, a noite, o motocompressor bombeia freon (Fluido refrigerante a base de clorofluorcarbonos), fazendo com que o fluido eutético que fica dentro das placas eutéticas congele. Para que isso ocorra, é necessário uma fonte de energia elétrica trifásica. Quando o caminhão sai ocorre uma troca de calor entre as placas eutéticas e os alimentos, mantendo a temperatura estável no interior do baú. Porém isso vai depender de outros fatores, como um bom isolamento e a quantidade de vezes que ele é aberto.

Material utilizado para o isolamento térmico

Para qualquer tipo de instalação frigorífica, tanto as móveis quanto as imóveis, o poliuretano expandido, por conta da sua estrutura micro celular, é o melhor isolante térmico. É um material de espuma de plástico rígido, comercializado em densidades que variam de 35 Kg/m³ a 1000 Kg/m³. Os materiais que utilizamos no isolamento térmico (fiberglass e poliuretano) são aprovados pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e atendem aos requisitos da Portaria CVS 06/99.

Como aumentar a vida útil do seu baú frigorífico

Confira aqui 3 dicas que vão ajudá-lo no cuidado necessário para aumentar a vida útil do seu baú frigorífico.

  1. Carregamento
    Você sabia que o carregamento das mercadorias influencia diretamente na durabilidade do baú. Procure carrega-lo de tal maneira que permita a circulação do ar frio pelos produtos. A uniformidade no carregamento é fundamental.
  2. Portas
    Você sabe o que causa a maior perda de frio na carroceria do baú frigorifico?  A má manutenção das borrachas localizadas na porta da carroceria vai ajudar a manter o ar refrigerado no baú, assim, não apenas a durabilidade do baú aumentará, mas a qualidade dos produtos transportados também. Verifique se as portas estão gastas, e faça a manutenção de forma correta.
  3. Reaperto da carroceria
    A cada 60 dias é preciso fazer o reaperto dos grampos do baú frigorífico ao chassi. Outra dica importante é fazer esse ajuste de preferencia com o caminhão carregado, pois você poderá evitar assim, possíveis danos na longarina.

Atenção! Infiltração de água

Uma das maiores causas de perda de rendimento térmico e capacidade de carga da carroceria frigorífica é a infiltração de água, tanto pelo teto quanto pelo piso do baú. Qualquer avaria no laminado plástico tem que ser reparado rapidamente, ou podera impactar em graves danos para o baú e a carroceria do veículo.

Melhor aproveitamento do seu equipamento

Acompanhe nossas dicas para conservar e melhorar o desempenho do equipamento no transporte da carga.
– Reduzir e estabilizar a temperatura do baú por 15 minutos antes do carregamento;
– Os produtos devem ser pré-resfriados conforme a temperatura desejada no transporte;
– Carregue os produtos rapidamente de forma eficiente evitando perca de temperatura do produto durante o carregamento;
– Os equipamentos de refrigeração para transportes são projetados para manter a temperatura dos produtos transportados e não para reduzir a temperatura dos produtos.
– Observar se o compressor acoplado está ligando corretamente;
– Observar se a temperatura no controle da cabine está abaixando;
– Só abrir as portas da carroceria se o equipamento estiver desligado;
– Evite alterar os ajustes de temperatura do controlador de cabine;
– O equipamento é automático. Só desligue quando for carregar ou descarregar, antes de abrir as portas da carroceria;
– Manter as cortinas plásticas abaixadas, mesmo durante o descarregamento;
– Deixar as portas abertas o menor tempo possível.

Temos a Melhor Solução em Isolamento Térmico para Seu Caminhão